Meu carro não liga pela manhã: conheça 4 causas prováveis

/, dicas/Meu carro não liga pela manhã: conheça 4 causas prováveis

Meu carro não liga pela manhã: conheça 4 causas prováveis

Uma das piores sensações de um motorista é, sem dúvida, se preparar para sair logo pela manhã, entrar no seu veículo e, na hora da partida, o carro não liga. Em dias cada vez mais corridos, não tão raro ignoramos diversos sinais, contribuindo para culminar nesse tipo de situação.

Se você já passou por isso, provavelmente tenha se sentido refém da incapacidade de resolver o problema, uma vez que identificá-lo e corrigi-lo sem auxílio profissional não é uma tarefa fácil. Pensando nisso, reunimos neste texto 4 causas prováveis para esse tipo de ocorrência. Saiba mais!

1. Combustível

Algumas décadas atrás, o cenário que ilustramos no início deste texto não era difícil de acontecer. Isso se dá pelo fato de que os veículos movidos a álcool tinha grande dificuldade para ligar nas primeiras horas do dia. Fatores como as condições do tempo interferiam diretamente na partida do motor, especialmente durante o inverno.

Entretanto, com o passar dos anos, novas tecnologias foram surgindo, como o sistema flex que permite que o carro não precise “esquentar”. Porém, a má qualidade do combustível pode se tornar protagonista nesse tipo de situação, deixando-o na mão e o fazendo atrasar para aquele compromisso importante logo cedo.

Combustíveis adulterados, portanto, sofrem alterações dentro do tanque durante algumas horas de repouso. Os componentes se dividem, enviando para o motor apenas a parte adulterada e prejudicando o funcionamento adequado. No geral, após o último abastecimento o carro pode apresentar falhas, indicando que substâncias como água e outros solventes podem ter sido adicionados no combustível. Fique atento!

2. Bomba de combustível

Esse dispositivo é um componente importante do sistema de alimentação do motor. A partir dela, o combustível presente no tanque será distribuído para o motor, favorecendo as condições normais de funcionamento. Anormalidades neste equipamento podem, entre outros, comprometer o desempenho do veículo, consumir excessivamente o combustível, impedir que se atinja certas velocidades e até mesmo fazer com que o carro não ligue.

No geral, a baixa pressão na bomba é responsável por grande parte dessas anormalidades. Nesse tipo de situação, o combustível não é injetado adequadamente dentro do motor, principalmente se o seu veículo possuir uma alta quilometragem e se você utilizar gasolinas de baixa qualidade com certa frequência.

3. Chave de ignição defeituosa

Se o seu carro não liga pela manhã, outro problema muito comum pode estar relacionado com a chave ou cilindro da ignição. Nos veículos, a chave é composta por uma estrutura complexa e qualquer dano pode ser prejudicial. Embora muitos condutores se preocupem apenas com equipamentos tortos e enferrujados, detritos ou sujeira podem acabar contribuindo para a dificuldade em fazer a leitura.

O primeiro passo para identificar se o problema é realmente isso é utilizar a chave reserva. Caso ela funcione na primeira tentativa, está comprovado de que o problema se encontra na chave principal. Por outro lado, se nenhuma das duas chaves funciona, o problema pode estar de fato no cilindro da ignição. Afinal, com o passar dos anos de uso, esse componente pode sofrer desgastes e comprometer o funcionamento do veículo.

4. Sistema elétrico com problema

Da bateria às velas e seus cabos, é fundamental ter atenção a todos os componentes do sistema elétrico, uma vez que defeitos em qualquer um deles podem contribuir com o carro não ligue pela manhã. Antes de tudo, vale ressaltar que velas e cabos devem ser trocados a cada 25 mil km rodados.

Elas são responsáveis por produzir as faíscas que darão partida no veículo e sua incapacidade pode comprometer a queima e mistura da relação ar/combustível. Outro item importante é a bateria e suas conexões. Cabos mal conectados, conectores oxidados e manutenções não feitas podem prejudicar a produção de energia, essencial para ligar qualquer veículo.

Concluindo, fazer revisões regularmente contribui para evitar aquela desagradável situação: “meu carro não liga pela manhã”. Além disso, é fundamental ter atenção aos menores sinais apresentados pelo veículo após o último abastecimento. Um combustível de má qualidade ou adulterado pode provocar sérios danos no motor, gerando muito prejuízo e grandes dores de cabeça.

E então, leitor. O que achou do post e das informações que trouxemos? Lembre-se sempre que a prevenção é o melhor remédio. Cuide bem das manutenções e, ao menor sinal de falhas em seu motor, procure ajuda especializada.

2019-06-03T11:19:35+00:00junho 3rd, 2019|carro, dicas|